13/07/2018 às 11:55

A importância do omnichannel no varejo de móveis

eMobile

A mudança do comportamento do consumidor e a quantidade de informações a que hoje ele tem acesso desafiam indústrias e lojistas a se preocuparem com a melhor exposição de produtos tanto no estabelecimento físico quanto no e-commerce. No caso do setor moveleiro, no qual a experiência sensorial no momento da aquisição é praticamente imprescindível, é importante que o universo digital permita uma boa experiência no início da jornada de compra e conduza ao consumo da mercadoria. Uma ferramenta que vem sendo muito explorada neste sentido é o omnichannel no varejo de móveis.

As expressões omni (oriunda do latim, que designa “tudo”) e channel (“canal”, em inglês) traduzem a tendência das empresas em apresentarem seus produtos nas múltiplas plataformas exploradas pelo consumidor, sejam elas físicas ou digitais. Consiste na convergência de todos os canais utilizados por uma empresa e a oferta de mais possibilidades de comunicação e interação com a marca, além de opções ao comprador.

Apesar da facilidade em comprar produtos pela internet, 97% dos consumidores ainda optam pelo varejo físico, de acordo com levantamento da Nielsen. Entretanto, pesquisas da Deloitte e do Google apontam que 71% dos consumidores buscam informações na web antes de visitar uma loja física.

Esse cenário representa uma oportunidade para que as empresas sejam os direcionadores da nova jornada de seus clientes, entendendo que a venda começa cada vez mais no canal digital, ainda que seja concluída na loja física. O omnichannel no varejo de móveis vem se tornando, assim, uma solução para integrar a pesquisa prévia e a experimentação visual de mobiliário.

De acordo com a Linx, companhia especializada em softwares de gestão para o varejo, na última década o hábito de consumo das pessoas mudou drasticamente. Para a diretora de omnicanalidade da empresa, Renata Malagoli, o e-commerce não trouxe apenas a possibilidade de comprar qualquer tipo de produto com alguns cliques e recebê-lo em casa, mas também abriu caminho para novas formas de pesquisa e acesso à informação.

“É aí que entra em cena o protagonista da nova jornada do consumidor: o conceito omnichannel. Com esse processo, varejistas podem deixar de ter imprevistos como falta de estoque e baixo fluxo nas lojas, por exemplo. Atualmente, marcas já permitem que o consumidor compre pela internet e retire o produto na unidade mais próxima, de modo que o ponto de venda funcione também como um centro de distribuição. Esse novo modelo de negócio faz com que lojistas tenham ganhos operacionais significativos, como a diminuição dos custos logísticos, otimização tributária e fiscal, giro de estoque, entre outros benefícios”, diz Renata.

Como aponta a diretora, a interação das marcas com este novo consumidor, melhor subsidiado em termos de informação, exige também uma nova dinâmica nos processos internos de gestão das lojas:

“O segredo para o sucesso de uma estratégia omnichannel no varejo de móveis está em resolver alguns temas importantes: tecnologia e integrações de sistemas, desenho de processos e regras de negócio, estruturação das lojas físicas e online em seus novos papéis e principalmente alinhamento estratégico e governança corporativa. É importante lembrar que essa jornada não é linear e envolve diversos canais, como lojas físicas próprias ou franquias, e-commerce, redes sociais e diferentes dispositivos, como smartphones e tablets”.

Fonte: eMobile http://www.emobile.com.br/site/varejo/importancia-omnichannel-no-varejo-...

Problemas com a imagem

Sobre o Sindicato

Sindicato do Comércio Varejista de Móveis, Artigos de Colchoaria, Tapeçaria e Decorações do Estado do Tocantins

  • Endereço:
    Rua Joaquim Gava 95-B Jardim América Araguaína-TO
  • CEP: 77805-206
  • Processo: 425
  • Telefone(s):(63) 3412-3619
  • Email contato: sicomov@hotmail.com
  • Presidente:
    ANSELMO JOSÉ MARTINS DA SILVA MORAES