23/02/2016 às 09:46 - Atualizado em 05/01/2017 às 17:03

CNC prevê queda de 3,9% no varejo em 2016

CNC/Reprodução

As vendas do comércio em 2016 devem seguir em trajetória negativa, segundo expectativas da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). A previsão da entidade é de que o ano termine com redução de 3,9% no faturamento – após a queda de 4,3% nas vendas em 2015, segundo dados da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) divulgada nesta terça-feira, 16 de fevereiro, pelo IBGE.

A previsão de retração ligeiramente inferior à do ano passado se deve, basicamente, a uma expectativa de queda menor do PIB e a uma alta menor do nível geral de preços. No conceito ampliado, a CNC projeta -7,8% para o volume de vendas ao final do ano.

Pior resultado para o comércio desde 2003

Para o economista da CNC Fabio Bentes, o resultado fraco das vendas em 2015 foi o resultado de uma série de fatores ruins para o varejo. “A redução significativa no nível geral de atividade interrompeu uma longa sequência de expansão do mercado de trabalho. O aumento do desemprego, a queda da renda agravada pela elevação da inflação, mais que reduziram o bem-estar do consumidor, derrubaram sua confiança”, afirmou Bentes.

Em 2015, destacaram-se as quedas dos setores de móveis e eletrodomésticos (-14,0%) e livros, jornais, revistas e papelaria (-10,9%). Dos oito segmentos que compõem o chamado varejo restrito, apenas farmácias e perfumarias conseguiram crescer na crise que se abateu sobre o setor no ano passado. O resultado negativo de 2015 superou ainda a queda de 3,7% registrada em 2003, o pior ano do setor até então.

Confira aqui a PMC.

(Fonte: www.cnc.org.br)

Problemas com a imagem

Sobre o Sindicato

Sindicato do Comércio Varejista de Móveis, Artigos de Colchoaria, Tapeçaria e Decorações do Estado do Tocantins

  • Endereço:
    Rua Joaquim Gava 95-B Jardim América Araguaína-TO
  • CEP: 77805-206
  • Processo: 425
  • Telefone(s):(63) 3412-3619
  • Email contato: sicomov@hotmail.com
  • Presidente:
    ANSELMO JOSÉ MARTINS DA SILVA MORAES